Instituto de Desenvolvimento da Educação

Escolas Leitoras

Apresentação

Escolas Leitoras

 

O site Escolas Leitoras é mais uma ferramenta em prol do incentivo à leitura literária e de contribuição para o fortalecimento da educação potiguar. O objetivo é que a partir do processo de integração em rede de educadores, pais, alunos, autoridades constituídas e a sociedade de um modo geral este sítio virtual se transforme em um instrumento autossustentável e eficaz no trabalho de democratização do acesso à boa literatura, formação continuada dos professores e disseminação das experiências das escolas, capaz de contribuir efetivamente com a emancipação e inclusão social das crianças e adolescentes.

Trata-se de uma página cuja base é originária de um projeto que nasceu em 2007 e desde o segundo semestre de 2009 denominado de Rede Potiguar de Escolas Leitoras. O projeto, organizado pelo Instituto de Desenvolvimento da Educação (IDE), organização da sociedade civil, conta com o apoio financeiro e técnico do Instituto C&A, além do apoio operacional e institucional das secretarias de educação de Natal e Paramirim. Até o ano de 2011 o mesmo tipo de apoio das secretarias municipais era ofertado pela Secretaria do Estado de Educação e da Cultura do Rio Grande do Norte.

Esse movimento se expandiu e, ainda em 2008, a mobilização chegou à Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte. A partir de 2009, graças a persistência de centenas de educadores, o incentivo a leitura literária passou a ater o respaldo de uma Lei Estadual. Desde 2010 o trabalho também é desenvolvido em escolas municipais de Natal e Parnamirim, em parceria com as respectivas secretarias de Educação.

Em 2009 o Instituto C&A lançou o concurso "Escola de Leitores" em três cidades (Paraty/RJ, São Paulo/SP e Rio de Janeiro/RJ) e no Estado do Rio Grande do Norte (nas escolas estaduais dos municípios de Natal e Parnamirim) e premiou escolas com projetos exitosos na área de formação de leitores. Em 2011 lançou a segunda edição, voltada para redes municipais de quatro capitais brasileiras: Natal, Rio de janeiro, São Paulo e Porto Alegre. Em Natal foram premiadas cinco escolas, cada uam com R$ 12.000,00 (doze mil reais) para aplicar no respectivo projeto de leitura, acompanhamento pedagógico e formação realizada pelo IDE e viagem de intercâmbio de representantes para conhecerem a experencia das políticas públicas de leitura da Colômbia, além de intercâmbios durante o Salão do Livro Infantil e Juvenil, realizado pela FNLIJ, no Rio de Janeiro/RJ.

E é a serviço dessa luta contínua, que a causa conta com mais esta ferramenta. E como tem sido durante os últimos anos, a participação de todos é fundamental para que o trabalho não pare e que a educação no RN alcance um estado de excelência.